Blog

Rebranding: o que é e como funciona o processo?

Rebranding é uma técnica utilizada para redefinir a imagem de uma empresa ou produto, tendo em vista a mudança de percepção do público em relação à marca.
Rebranding: o que é e como funciona o processo?

Rebranding é uma técnica utilizada para redefinir a imagem de uma empresa ou produto, tendo em vista a mudança de percepção do público em relação à marca.

Por meio de uma série de ações, que podem ou não envolver a mudança de logotipo, nome, identidade visual e demais elementos, essa ferramenta busca construir uma imagem forte no mercado.

Geralmente, as empresas que decidem adotar esta prática, estão querendo inovar a imagem da marca ou pretendem se aventurar em um novo segmento.

Confira!

Qual o melhor momento para fazer o rebranding da sua empresa?

Como foi dito, o rebranding é feito para inovar a imagem da empresa, mas o empreendedor não precisa esperar muito tempo para tomar essa decisão.

Em outras palavras, independente do tempo de mercado que seu empreendimento possui, o que importa é se as estratégias de negócios estão ou não funcionando.

Com base nisso, listamos nesse artigo, algumas situações em que se faz necessário adotar o processo de rebranding na sua empresa. Veja:

1. A nova visão da empresa não condiz com o posicionamento atual 

Quando existe um descompasso entre a nova visão da empresa e seu posicionamento atual, é sinal que é necessário ressignificar a marca.

Um bom exemplo disso é a Skol, marca de cerveja que por muitos anos apresentou conteúdos extremamente machistas.

Porém, a partir de 2017 assumiu uma nova postura, reforçando a ideia que tanto homem como mulher podem beber e comemorar juntos com uma Skol.

Portanto, esse processo deve ser realizado toda vez que a empresa sentir que suas ações não condizem mais com o momento pelo qual estão passando.

2. Quando a marca corre risco de falência

Diante de tantas mudanças do mercado, quem fica estagnado corre o risco de ver sua empresa ir à falência.

Esse é um dos principais motivos que levam uma marca a realizar o rebranding e tentar contornar essa crise.

O case da Havaianas é a base de estudos de grande parte dos estudantes de marketing, devido a superação da sua crise que teve início na década de 90.

Mas a partir de uma série de ações de rebranding, a marca investiu não apenas na criação de novos produtos, como também em propagandas com artistas, tornando a Havaianas uma das principais marcas do país.

3. Mudar o público-alvo

Outro fator em que o uso do rebranding se faz necessário, é a mudança de público alvo, pois, será preciso criar ações estratégicas para qualificar sua audiência.

Conclusão

Pois bem, o rebranding é um processo que toda empresa que pretende mudar a percepção do seu público em relação à sua marca deve adotar.

No entanto, um erro muito comum que os empreendedores menos informados cometem, é achar que apenas a mudança do logotipo já é o suficiente.

Portanto, mais do que cores, logo e ícone, o processo de rebranding envolve todas as experiências que uma marca transmite ao consumidor.

Com a sua empresa de contabilidade é a mesma coisa, é preciso pensar tudo que seu escritório pode proporcionar para melhorar a experiência do seu cliente.

NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter e fique atualizado sobre todas as notícias do mundo contábil